Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Unidade Nova Venécia
Início do conteúdo da página

Unidade Nova Venécia

Publicado: Quinta, 25 de Setembro de 2008, 16h00 | Última atualização em Quinta, 25 de Setembro de 2008, 16h00
 A Unidade Nova Venécia entrou em funcionamento no dia 22 de setembro, oferecendo 128 vagas, sendo 64 para o curso de Construção Civil e 64 para o de Mineração. A Aula Inaugural contou com a presença do diretor da Unidade, Jayme Santos, do diretor-Geral do Cefetes, Jadir José Pela, da secretária de Educação de Nova Venécia, Rúbia Secchin, do secretário de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, Rogério Queiroz, além de servidores do Cefetes, alunos e comunidade de Nova Venécia.

Jayme Santos iniciou a solenidade comparando a construção da escola com a formação dos alunos. "A transformação ocorrida nesta Unidade, onde transformamos uma fábrica de leite em pó em escola, também ocorrerá na vida dos alunos que hoje ingressam no Cefetes. Esta primeira turma é privilegiada, pois logo irá ingressar no mercado de trabalho."

Jadir agradeceu o apoio dado ao Cefetes pela Prefeitura do município e a transformação do Cefetes em Instituição de Educação, Ciência e Tecnologia.

A secretária de Educação, Rúbia Secchin, representou o prefeito na solenidade. "Nossos alunos não precisam mais sair do município para se qualificar. O Cefetes é um marco para a educação de Nova Venécia e uma grande conquista para o nosso município."

O secretário de Ciência e Tecnologia, Rogério Queiroz, representou o governador Paulo Hartung na solenidade e ministrou a Aula Inaugural.

Rogério falou sobre a educação como "chave" para o desenvolvimento do país. "Há no Brasil algumas instituições conhecidas no mundo todo pela qualidade do trabalho desenvolvido: Petrobras, Embrapa e Cefetes. Os alunos do Cefetes são conhecidos pelo ótimo rendimento. Quando ingressam na universidade, eles têm um excelente desempenho, pois tiveram uma boa base no Cefetes. Sabemos que uma educação de qualidade é um ponto fundamental para o desenvolvimento de um país."

"No Brasil temos realidades sociais muito diferentes e somente a educação pode criar bases para o desenvolvimento. As pessoas precisam estar preparadas não só para trabalhar nos grandes investimentos, mas também para ser empreendedoras em pequenas empresas e criar as próprias oportunidades."

Após a solenidade, os presentes visitaram as instalações da Unidade e participaram de um coquetel.

registrado em:
Fim do conteúdo da página