Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Professora do Ifes é selecionada para novo treinamento na Finlândia
Início do conteúdo da página

Professora do Ifes é selecionada para novo treinamento na Finlândia

Publicado: Quarta, 17 de Maio de 2017, 11h57 | Última atualização em Sexta, 19 de Maio de 2017, 10h07

Ela é a única capixaba entre 20 professores brasileiros que serão multiplicadores do método finlandês de ensino.

A professora Marize Lyra Silva Passos, do Centro de Referência de Formação em Educação a Distância (Cefor), foi selecionada pela universidade de ciências aplicadas Hamk, da Finlândia, para um novo treinamento sobre a experiência finlandesa de ensino, que incentiva o uso da aprendizagem ativa, em que o professor ganha o papel de curador do conhecimento e criador de condições para o desenvolvimento de competências dos estudantes.

A docente participou do Programa Professores para o Futuro, da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), do Ministério da Educação, e do Conselho Nacional de Educação e Pesquisa (CNPq), e em 2016, esteve na Finlândia por três meses para um aprofundamento teórico sobre o ensino híbrido; ajustes no seu projeto submetido; retornando ao Brasil para a execução de seu projeto, que foi encerrado em dezembro do mesmo ano.

O objetivo do novo curso, chamado de Finnish Train the Trainers, que tem duração de um mês e previsão de início para agosto deste ano, é formar 20 professores que participaram do programa em 2016 para serem multiplicadores do método em seus países de origem.

“Cada instituição participante do programa selecionou 10 professores que têm perfil de multiplicador. Eu fiquei em 5º lugar na lista da universidade de Hamk. Ainda tenho poucas informações oficiais, mas fui comunicada de que meu compromisso é retornar ao Brasil e formar outros professores para trabalharem com aprendizagem ativa, centrada no aluno”, afirma Marize.

A professora comenta que já tem realizado esse trabalho, ministrando oficinas de Aprendizagem Ativa. “Desde que voltei já ofertamos 85 vagas em quatro editais. A procura tem sido muito boa e os feedbacks após o encerramento das turmas também. Nossos alunos, que são professores de municípios, do Estado e também do Ifes, vivenciam a metodologia na prática, o que é muito enriquecedor. Espero, com esse novo curso, melhorar a minha atuação, melhorar as oficinas”, contou.

Fim do conteúdo da página