Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Plataforma Nilo Peçanha divulga resultados dos Institutos Federais em 2018
Início do conteúdo da página

Plataforma Nilo Peçanha divulga resultados dos Institutos Federais em 2018

Publicado: Sexta, 12 de Abril de 2019, 15h04 | Última atualização em Terça, 16 de Abril de 2019, 13h35

Ao todo, a Rede teve 964.593 matrículas no ano passado – só no Ifes, foram 35.664. Veja mais dados e informações.

A Plataforma Nilo Peçanha divulgou os dados da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica referentes a 2018. A plataforma digital reúne informações sobre matrículas, oferta de cursos, quantidade de servidores e investimentos, entre outras, e é uma ferramenta de transparência e gestão tanto para a sociedade quanto para os próprios Institutos Federais.

Essa é a primeira atualização na Nilo Peçanha, que foi lançada em março do ano passado com dados coletados em 2017. As atualizações são anuais e abrangem os dados gerais e específicos dos 38 institutos federais, 23 escolas técnicas vinculadas a universidades federais, dois centros federais de educação tecnológica (Cefets) e o Colégio Pedro II. Em 2018, a Rede Federal teve 964.593 matrículas em 11.159 cursos nessas instituições.

No Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), foram 35.664 matrículas nos 325 cursos ofertados em 2018. Das matrículas da instituição, 47,4% são em cursos técnicos; 28,64% em superiores; 16,99% em cursos de qualificação profissional; e 6,13% em pós-graduação. A instituição conta com 1.358 servidores técnico-administrativos e 1.637 docentes.

A maioria dos estudantes tem entre 15 e 19 anos (13.349). Do total de 35.664 alunos, 47,53% são do sexo feminino e 52,47% são do sexo masculino. Entre os que declaram cor e raça (92,42%), 44,64% se declaram como pardos; 42,12% como brancos; 10,31% como pretos; 2,52% como amarelos; e 0,42% como indígenas. Já dos que declaram renda, a maioria tem entre 0 e 1 salário-mínimo de renda familiar per capita.

O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do Ifes, Luciano Toledo, avalia que a Nilo Peçanha é hoje a melhor plataforma de dados abertos do governo federal. Ele explica que a metodologia de coleta das informações mobiliza milhares de colaboradores da Rede Federal de forma bastante ágil, e que há uma verificação sistemática de todos os dados, o que a torna uma fonte extremamente confiável. “Os dados podem ser utilizados no Ifes como um todo e também nos campi como um instrumento para aprimorar ainda mais a nossa gestão educacional e administrativa”, ressaltou.

Confira os dados da Plataforma Nilo Peçanha no endereço http://plataformanilopecanha.mec.gov.br.

registrado em:
Assunto(s): nilo peçanha , plataforma , pnp , mec , dados
Fim do conteúdo da página