Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Professor do Campus Serra cria sistema para carro autônomo de baixo custo
Início do conteúdo da página

Professor do Campus Serra cria sistema para carro autônomo de baixo custo

Publicado: Sexta, 14 de Junho de 2019, 17h57 | Última atualização em Terça, 25 de Junho de 2019, 15h09

Câmeras, GPS e sensores integram o dispositivo, desenvolvido como tese de doutorado de Rafael Vivacqua.

Um professor do Campus Serra, do Instituto Federal do Espírito Santo, criou um sistema para transformar um carro popular em um veículo autônomo, ou seja, que consegue dirigir sozinho. Rafael Vivacqua, da Coordenadoria de Automação, vem trabalhando no projeto, que foi sua tese de doutorado, desde 2011. Ele utilizou o próprio carro para a pesquisa e conseguiu desenvolver um equipamento de baixo custo para transformá-lo.

Conforme explica o professor, o princípio de funcionamento se baseia na detecção das marcações na pista (faixas) por uma webcam instalada no veículo, em conjunto com um GPS e informações de mapas. São utilizados ainda sensores e controladores. A estimativa dele é de que o sistema custe em torno de R$ 800.

“Esse projeto foi feito com recursos muito limitados tanto de pessoas quanto de dinheiro”, comenta, ao dizer as diferenças entre seu carro e os desenvolvidos pelas grandes montadoras. “Talvez a maior singularidade dele em relação a todos os outros, comerciais ou científicos, é o fato de usar um carro compartilhado, ora carro de uso pessoal meu, ora carro autônomo em desenvolvimento”, assinala.

Com todo o trabalho feito até agora, o carro já consegue dirigir com segurança por uma rota previamente mapeada, com faixas pintadas no chão. Rafael conta que o próximo passo é a troca do carro por um modelo com câmbio automático, o que vai permitir sua operação em uma faixa de velocidades maior, e a inclusão de funções de detecção de obstáculos móveis (como outros carros e pedestres), de modo que o veículo seja capaz de reagir para evitar um acidente. 

Para proporcionar esse aumento na complexidade do dispositivo, o professor pretende envolver mais pessoas no projeto, como alunos bolsistas, por meio da formalização da pesquisa junto ao Ifes. “É importante destacar que um trabalho desse tipo possibilita pesquisa em vários campos da engenharia, como eletrônica, robótica, visão computacional, sensores, inteligência artificial, sistemas embarcados e sistemas automotivos.” 

No dia 14 de maio, uma demonstração do carro autônomo foi realizada, num trajeto de aproximadamente 4 km próximo ao campus. Estiveram presentes o reitor do Ifes, Jadir Pela; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, André Romero; o diretor de Ensino do campus, Wagner Teixeira da Costa; o professor Alessandro Bermudes Gomes; a coordenadora pedagógica, Cláudia Ribeiro de Moraes; e o motorista João Grilo Almeida.

carro autonomo serra


O professor fez um vídeo em que é possível visualizar o funcionamento do carro autônomo:

registrado em:
Assunto(s): carro autônomo , serra , pesquisa
Fim do conteúdo da página