Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Início do conteúdo da página

Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração

Publicado: Quarta, 23 de Outubro de 2019, 14h47 | Última atualização em Quarta, 23 de Outubro de 2019, 16h46

Estudantes também apresentaram 246 projetos durante os dois dias do evento, em Alegre.

Além das apresentações de trabalhos, na forma de apresentações orais e pôsteres, a Jornada de Ensino, um dos pilares da III Jornada de Integração do Ifes, levou discussões sobre inclusão escolar e metodologias ativas para os participantes do evento. As palestras abriram as programações da tarde, no Campus de Alegre.
No primeiro dia do evento, a diretora de Ensino do Cefor, Larissy Alves Cotonhoto, fez uma palestra que sensibilizou os participantes sobre a importância de repensar as metodologias adotadas para a promoção da inclusão dentro do ambiente escolar.

“Minha mensagem hoje é para dizer que estamos tentando vivenciar uma educação inclusiva no Ifes, pensando políticas e em diretrizes para incluir todos. Mas precisamos mudar de atitude. Além de ter acesso aos espaços, o estudante precisa entender que é um sujeito capaz de aprender. E isso pode ser feito no dia a dia”, afirmou.

A segunda palestra do evento, na quarta-feira (23), foi proferida pela professora Aline Amorim, com o tema “A importância das Metodologias Ativas na aprendizagem”. De acordo com a palestrante, o tema não é novo, mas é urgente. “A educação demora para se apropriar das novas tecnologias. Mas atualmente o contexto é outro. Hoje a educação não formal e aberta está ao lado da formal”, afirmou

Para o evento, a Pró-reitoria de Ensino (Proen) selecionou 46 projetos realizados em diversos campi do Ifes. Os trabalhos foram apresentados de forma oral durante os dois dias de evento. Além disso, as apresentações dos trabalhos dos bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e do Programa de Residência Pedagógica também aconteceram durante a Jornada de Ensino, mas em forma de pôsteres. Ao todo, foram 246 trabalhos.

A pró-reitora de Ensino, Adriana Pionttkovsky Barcellos, comentou sobre a experiência de realizar um evento de forma integrada. “Esta é a terceira Jornada de Integração, mas ainda estamos fazendo um exercício de aprendizagem, diminuindo a distâncias para construir uma formação com ensino, pesquisa e extensão, que devem ser indissociáveis. O evento dá visibilidade às ações cotidianas, então servidores e estudantes podem conhecer iniciativas que acontecem em outros lugares e pensar formas de aplicar às suas realidades”, comentou.

Qual será a melhor forma de ensinar engenharias?

sara ensino

Esta foi a pergunta que motivou a professora Sara Fardin a pensar novas formas de apresentar o conteúdo em suas aulas. Ela propôs então uma prática diferenciada para o ensino da disciplina de Avaliação de Impactos Ambientais, com utilização de tecnologia e a criação de um jogo inspirado no famoso “Super Trunfo”.

A metodologia incluiu aula expositiva dialogada, materiais explicativos que foram baixados via QR Code, atividades que também foram entregues por meio de um QR Code construído pelos próprios alunos, e a criação do jogo “Super Trunfo Ambiental”. “Sempre busco formas de sair da prática convencional para envolver o estudante. Estimulá-lo a usar o celular para o aprendizado, já que o aparelho já não sai mais da mão do aluno”, comentou.

Ensino Híbrido: online e offline no processo de ensino-aprendizagem

miriam ensino

A estudante Míriam Klitzke Seibel, do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), apresentou a experiência de formação de professores de uma escola estadual em ensino híbrido, um tipo de metodologia ativa.

O ensino híbrido combina aprendizado online com o offline, em modelos que mesclam momentos em que o aluno estuda sozinho, de maneira virtual, com outros em que a aprendizagem ocorre de forma presencial, valorizando a interação entre pares e entre aluno e professor.

A estudante mostrou todas as etapas do processo e considera que os resultados foram bons. “Muitos professores que participaram da formação aplicaram a metodologia imediatamente em suas salas de aulas. O ensino híbrido é uma possibilidade de inovação no espaço escolar”, comentou.

 

Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração
Ensino discute ...
Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração Ensino discute inclusão e metodologias ativas na III Jornada de Integração

registrado em:
Fim do conteúdo da página