Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Evento no Campus Itapina marca a reabertura do Laboratório de Solos à comunidade externa
Início do conteúdo da página

Evento no Campus Itapina marca a reabertura do Laboratório de Solos à comunidade externa

Publicado: Terça, 17 de Dezembro de 2019, 13h08 | Última atualização em Terça, 17 de Dezembro de 2019, 13h13

Reabertura do laboratório contou com a presença de autoridades locais.

O Campus Itapina, do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), realizou nesta terça-feira (17) a cerimônia de reabertura do Laboratório de Solos para atendimento ao público externo. O laboratório está entre os melhores do Brasil desde 2014, obtendo conceito A no teste de qualidade realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O evento contou com a presença de diversas autoridades locais, como vereadores dos municípios de Colatina e Baixo Guandu, além de representantes do poder executivo municipal. A cerimônia também contou com a presença do ex-deputado federal Givaldo Vieira, atual diretor do Detran/ES, que foi o autor da emenda parlamentar que propiciou a aquisição de novos equipamentos para modernização do Laboratório de Solos do Campus Itapina. Com a aquisição desdes equipamentos, o Laboratório de Solos passa a atender melhor os pesquisadores do campus e está apto a atender agricultores de toda a região centro-norte capixaba, leste de Minas Gerais e Sul da Bahia.

Segundo o diretor-geral do Campus Itapina, Fabio Lyrio Santos "nós entendemos que esse retorno à comunidade externa é uma obrigação do Instituto Federal, devido ao compromisso que temos de não apenas produzir o conhecimento, mas de transferi-lo, neste caso, na forma da prestação de um serviço de qualidade".

Durante a cerimônia, o professor Gustavo Soares de Souza, responsável pelo laboratório, explicou a importância dos equipamentos e do espaço para a comunidade. Já o técnico em laboratórios Petterson Gonçalves Teixeira apresentou um breve histórico do Laboratório de Solos e também expôs as premiações que o espaço conquistou ao longo dos anos. Petterson fez questão de citar a importância dos servidores e ex-servidores que tornaram possível a existência do Laboratório de Solos, entre eles, destacam-se os professores, Nilton Nelio Cometti, Patricia Soares Furno Fontes, Alexandre Gomes Fontes, Marco Antonio de Carvalho e José Marcos Dardengo.

Para a diretora de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão do Campus Itapina, Larissa Haddad de Souza Vieira, "a reabertura do Laboratório de Solos para a comunidade é um passo que damos para fortalecer ainda mais nossa relação com os setores produtivos e comunidades externas ao Ifes e contribuir com o desenvolvimento regional a partir da prestação de serviços e da difusão de conhecimentos e tecnologias que permitam a melhoria da produtividade do produtor rural priorizando a conservação do solo. A presença de parceiros importantes neste evento, representantes do setor agrícola, de instituições de apoio, de instâncias legislativas e executivas, assim como de servidores e alunos do Campus Itapina é muito gratificante e indica tanto a demanda que existe para esse tipo de serviço quanto o apoio institucional que devemos ter para atendê-la".

Após mais de cinco anos atendendo apenas a atividades de ensino e pesquisas internas do Campus Itapina, o Laboratório de Solos já está operando, mas estará apto a receber amostras de solos dos agricultores e fazer análises a partir de 3 de fevereiro de 2020, em função do recesso acadêmico. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (27) 3723-1288, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Eventos do Campus Itapina

registrado em:
Fim do conteúdo da página